4 Life Hacks para Brasileiros no Canadá

Você conseguiu, finalmente, imigrar para o Canadá. Agora, é focar no novo país, certo? Errado. Quando você sai do Brasil, o Brasil não sai necessariamente de você. Muitas questões que não eram problemas no Brasil, agora vão ser.

Neste post, apresento algumas informações que adoraria ter obtido ainda no começo da minha jornada canadense. São verdadeiros life hacks que vão descomplicar sua vida e evitar que você entre em apuros financeiros ou burocráticos.

Transferência Internacional

Eu já usei quase todos os métodos de transferência internacional que existem e, até o momento, nenhum bateu o método TransferWise. Ele é seguro, online, oferece taxa de câmbio competitiva e, como cereja do bolo, você só paga 0.35% de IOF.

Para saber como funciona o TransferWise e ainda receber um link de desconto para a primeira transferência, confira o artigo que publiquei sobre o assunto.

Comunicação e Declaração de Saída Definitiva do Brasil

Está no Canadá há mais de 12 meses? Virou residente permanente? Se a reposta for sim, você precisa comunicar e declarar a saída definitiva do país. Tanto a comunicação quanto a declaração não são opcionais. Isso mesmo. Você precisa respirar fundo e encarar essa burocracia – com ajuda de um contador, obviamente.

Justificativa Eleitoral e Transferência de Título

Não pode votar? Não tem problema. No site do TRE de seu estado, você encontra o passo a passo de como justificar ausência a partir do exterior. Acredito que todos os estados permitam que isso seja feito online. Basta preencher os dados solicitados no formulário eletrônico, anexar uma prova que demonstre que você não está no país (como, por exemplo, seu visto ou cartão de residente permanente) e pronto.

Convém também transferir seu título para o exterior.  Assim, você vai ser apenas obrigado a votar nas eleições federais. Você pode iniciar o processo de transferência eletronicamente, através da página Título Net do TSE.

Renovação de Passaporte

Seu passaporte venceu? Você pode renová-lo através do consulado brasileiro localizado em sua província de residência. Essa renovação pode ser feita pessoalmente, caso você more perto do consulado, ou via correio.

Espero que tenha gostado das dicas. Caso você conheça outras life hacks pouco difundidas, por favor, compartilhe nos comentários logo abaixo. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

6 − five =